X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!
contato@irineugasparetto.com.br
(11) 3784-2327 - Segunda à Sexta das 13h às 18h
BLOG

Drogas e Vícios

Olá, tudo bem? Na vida a gente sempre tem situações para superar dificuldades, às vezes a gente se sente mal amado, inseguro, rejeitado, e aí a gente acaba encontrando um escape, encontrando um caminho, acabamos indo para uma droga ou bebida, acreditando que isso irá resolver as nossas dificuldades, mais que preço caro a gente paga né. A sensação de euforia, liberdade, a sensação que eu vou dar a volta por cima, a droga me dá, a bebida me dá, mas depois volto para mim mesmo e percebo que eu sou eu mesmo, e aquilo foi uma grande ilusão.

Puxa vida, porque eu vou viver de ilusões, porque eu vou gerar um vício na minha vida que aparentemente vai criar uma sensação de falsa vitória, sendo que eu posso ter uma vitória consolidada, real e mais interessante, sem prejudicar minha saúde ou  condição. “Ah não, não quero nem saber, eu bebo e fumo mesmo”, mas e depois? Eu não consigo ficar distante de mim mesmo, eu sempre vou ter um espelho eu vou sempre me olhar, ver como eu sou, então está na hora de olhar para mim com outros olhos, se alguém me rejeita, não preciso me impressionar por isso, eu vou cuidar de mim, eu não vou me sentir mais carente achando que ninguém me quer, às vezes vejo briga em casa, vejo meu pai brigando com minha mãe, aquele enrolo, problema com dinheiro, aquela família conturbada eu corro para drogas, bebidas, mais resolve? “Ah, mais pelo menos alivia”, mais é um alívio que depois fica no seu sangue, e é um vício que vai te fazer pagar um preço caro, a gente vê tanta gente, tantos jovens incríveis e escravizados. O que você prefere, ser preso ou se sentir livre? Sabe a sensação de liberdade, a droga não dá isso a você, a liberdade, está exatamente na capacidade de escolha, a sensação pode ter aparência de coisa boa, mas não é solução, eu vou arrumar uma grande confusão na minha vida, aliás já estou arrumando né? A pior coisa, se chama dependência, “DEPENDER” não dá, precisar de droga pra ficar bem, legal, curtir, dançar, para viver a vida. Depender não, estou fora, sinto muito. “Ah, mais você é careta”, eu prefiro ser careta livre, do que um cara que é todo transado, mas dependente e preso, viver preso não dá, gaiola não. Não funciona, não é isso que quero pra mim, eu quero outra coisa, quero ter capacidade de escolha, capacidade de viver, de escolher com quem eu quero ficar, onde quero viajar, eu quero sair, eu quero ser livre, e para ser livre eu preciso cuidar de mim, dependência não funciona, e eu acho que você pensa igual a mim, mas você está um pouco enganado, pensa nisso que eu acho que vai encontrar uma saída para ter uma vida muito mais interessante do que essa que você está vivendo, pensa nisso.


Um Abraço.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
Conheça nossa nova Loja Virtual